10 mandamentos para uma boa concretagem

A concretagem da laje é uma das principais etapas da obra, seguindo o passo a passo abaixo você pode evitar problemas futuros com a laje.

Checklist











1- Distância das escoras.

O escoramento junto com a contra-flecha são elementos fundamentais para segurança, boa concretagem e cura do concreto.

Certifique-se de que as escoras, sejam elas eucalipto ou metálicas, estejam espaçadas adequadamente e com sistema de contraventamento feito.

2 – Distribuição dos eletrodutos.

Comumente os eletrodutos são embutidos na laje, certifique-se de eles estejam distribuídos corretamente sobre a laje e que não haja nada que possa amassar o eletroduto durante a concretagem.

3 – Armaduras negativas.

Armaduras negativas nem sempre são obrigatórias, mas no caso de laje engasta e/ou em balanço elas são.

Confira a amarração, quantidade e bitola das ferragens. Caso não tenha essa informação consulte o responsável técnico pelo projeto.

4 – Quantidades de nervuras.

Elas são obrigatórias sempre que o vão livre for maior que 4,00 m, porém dependendo da sobrecarga de projeto elas também se fazem necessárias em vãos menores.

Assegure que todas as nervuras estejam distribuídas corretamente.

5 – Armadura de distribuição.

Armadura de distribuição são obrigatórias em todos os tipos de laje, independente do vão e sobrecarga.

Pode optar por molha POP ou distribuir barras de ferro no sentido transversal do trilho.

6 – Molhar a laje.

Em caso de laje cerâmica, as mesmas devem ser molhadas antes da concretagem para evitar que elas absorvam a água do concreto.

7 – Cobrimento minimo.

Para determinar a altura acabada da laje deve-se respeitar a norma que pede minimo de 3 cm de cobrimento da treliça e 4 cm de cobrimento acima do eletroduto.

8 – Adensar o concreto.

O concreto dever ser vibrado durante o seu lançamento sobre a laje, esse processo é fundamental para garantir para diminuir o número de vazios, bolhas de ar e excesso de água do interior da massa.

9 – Manter a laje úmida.

Após a concretagem a laje deve ser mantida úmida por pelo menos uma semana, para isso pode regar a laje 3x ao dia ou sempre que estiver visivelmente seca e/ou utilizar uma manta geotêxtil.

10 – Respeitar tempo de cura.

O tempo de cura do concreto é de 28 dias, por isso, deve manter a laje escorada durante esse período e para edifícios de múltiplos pavimentos o escoramento do piso inferior não deve ser retirado antes do termino da execução da laje superior.

Se mesmo depois de seguir todos os procedimentos e mesmo assim aparecer algumas fissuras logo após a concretagem, é preciso elimina-las rápido. Para isso aplique uma camada fina de nata de cimento (0,50 litro de água/ 1 Kg cimento). O surgimento de fissuras é possivelmente causadas por falhas no sarrafeamento, acabamento do concreto e/ou cura mal feita.

O concreto é um material permeável, por isso, deve ser impermeabilizado caso não pretenda construir outro pavimento ou telhado.